Conheça a proposta: Educação para o futuro

Promover educação e divulgação cientifica para a ciência, a saúde e a cidadania
 
A Fiocruz exerce, no campo da educação, o duplo papel de formar quadros especializados para o Sistema Nacional de C,T&I e contribuir para o atendimento das necessidades do SUS.
 
No que diz respeito à formação para o SUS, o desafio de superar o modelo de atenção e de gestão em saúde requer a promoção de novas capacidades e tecnologias no campo da educação, pois partimos do princípio da indissociabilidade entre o modelo de atenção e gestão e os processos formativos do trabalho em saúde. A formação do trabalhador em saúde alinhada às necessidades da população é reveladora da implicação da Fiocruz com a reforma sanitária brasileira e a estruturação do Sistema Único de Saúde, com inúmeras iniciativas que buscam a formulação de novas práticas de saúde, tomando a educação como instrumento de inovação e parte essencial de sua formulação e implementação.
 
Experimentamos avanços importantes nos últimos anos, que podemos sintetizar em cinco componentes centrais: expansão, qualificação, integração, fortalecimento institucional e internacionalização. Todos estes componentes são reforçados por estratégias de comunicação inovadoras, como são os casos do Portal Periódicos Fiocruz e o recém-inaugurado Campus Virtual Fiocruz, uma nova rede de aprendizagem, conhecimento e inovação para a saúde, voltada à educação em saúde. 
 
Mas ainda temos muito a avançar. Destacamos sete componentes centrais para avançarmos no compromisso de promover educação e divulgação cientifica para a ciência, a saúde e a cidadania: # Mais Integração, # Redução das desigualdades em C&T, # Internacionalização, # Formação para o SUS, # Utilização inovadora de Tecnologias educacionais, # Divulgação científica para a cidadania, # Defesa da educação pública, universal e de qualidade em todos os níveis de ensino.

Propostas:
  •          ​​Criar o Colegiado de Pós-graduação da Fiocruz;
  •          Criar o Programa Institucional de Educação e Divulgação Científica;
  •          Criar o Programa de Estágios Fiocruz sem Fronteiras;
  •          Integrar os programas de formação para a pesquisa – PROVOC, PIBIC, PIBIT e pós-graduação;
  •          Constituir um fundo interno de financiamento para eventos e cursos científicos nacionais e internacionais;
  •          Instituir o Programa Ciência, Arte e Cultura na Fiocruz