Depoimentos

Eu apoio!

"Cheguei na Fiocruz em dezembro de 1983... desde então, fiquei 33 anos mais velho, mas também 33 mais maduro. Aqui entendi que, quando amamos a Instituição, devemos bem querer e respeitar aos que fazem bem a ela. Também aprendi a não diagnosticar grupos de “situação” e “oposição” ou categorizar indivíduos em partidos ou ideologias. No momento em que devemos escolher um Presidente para a nossa casa, só cabe a análise da sua história e da sua competência. Já fiz assim no passado e não deixei de me orgulhar. Trabalhando incansavelmente pelo IOC e pela Fiocruz, pude testemunhar a postura de Nísia Lima como Vice-Presidente e parceira apoiando as ações importantes para a Instituição. Nela constatei preparo e serenidade; compromisso institucional e dedicação. Nesses de 33 anos de casa e 40 de exercício profissional pratiquei os dois sinetes da verdade acadêmica: a independência e a moderação. Em nome do segundo, evito regar vasos de ardores aloucados, em nome do primeiro, orgulha-me pertencer a uma Instituição em que posso me reservar o condão de declarar meu apoio a quem considero o melhor para a minha casa. No dia 25 de novembro, estarei recebendo uma homenagem que generosamente me prestam meus colegas da Universidade Nova de Lisboa e, infelizmente, não poderei votar em Nísia Lima para Presidente da Fiocruz no Período 2016 – 2020. Mas é o que faria se aqui estivesse junto com meus muitos colegas e amigos que apoiam a sua candidatura. "

Cláudio Tadeu Daniel Ribeiro, Chefe do Laboratório de Pesquisa em Malária – Instituto Oswaldo Cruz; Secretário da Academia Nacional de Medicina

"Cheguei na Fiocruz em dezembro de 1983... desde então, fiquei 33 anos mais velho, mas também 33 mais maduro. Aqui entendi que, quando amamos a Instituição, devemos bem querer e respeitar aos que fazem bem a ela. Também aprendi a não diagnosticar grupos de “situação” e “oposição” ou categorizar indivíduos em partidos ou ideologias. No momento em que devemos escolher um Presidente para a nossa casa, só cabe a análise da sua história e da sua competência. Já fiz assim no passado e não deixei de me orgulhar. Trabalhando incansavelmente pelo IOC e pela Fiocruz, pude testemunhar a postura de Nísia Lima como Vice-Presidente e parceira apoiando as ações importantes para a Instituição. Nela constatei preparo e serenidade; compromisso institucional e dedicação. Nesses de 33 anos de casa e 40 de exercício profissional pratiquei os dois sinetes da verdade acadêmica: a independência e a moderação. Em nome do segundo, evito regar vasos de ardores aloucados, em nome do primeiro, orgulha-me pertencer a uma Instituição em que posso me reservar o condão de declarar meu apoio a quem considero o melhor para a minha casa. No dia 25 de novembro, estarei recebendo uma homenagem que generosamente me prestam meus colegas da Universidade Nova de Lisboa e, infelizmente, não poderei votar em Nísia Lima para Presidente da Fiocruz no Período 2016 – 2020. Mas é o que faria se aqui estivesse junto com meus muitos colegas e amigos que apoiam a sua candidatura. "

Cláudio Tadeu Daniel Ribeiro, Chefe do Laboratório de Pesquisa em Malária – Instituto Oswaldo Cruz; Secretário da Academia Nacional de Medicina

"Voto em Nisia Trindade Lima por acreditar em seu olhar atento, por sua serenidade, por sua grande capacidade de escuta e sua habilidade em transformar boas ideias em excelentes ações, mas principalmente por ter certeza de que de fato ela acredita que “O mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas, mas que elas vão sempre mudando”. "

Elisa Cupolillo, Vice-diretora de Ensino, Informação e Comunicação, Instituto Oswaldo Cruz

"A posição de apoio a candidatura de Nísia têm por base o conhecimento de sua capacidade de condução desenvolvida e demonstrada ao longo de toda sua trajetória institucional. Tive a oportunidade de trabalhar com Nísia em um momento muito relevante em minha inserção na Fiocruz, que foi durante toda a construção do Projeto das Olimpíadas Nacionais de Saúde e Meio Ambiente. Àquela época, sua condução de todo o processo com firmeza e capacidade aglutinadora, coordenando toda uma equipe multidisciplinar foi fundamental para a efetivação do Projeto. Da mesma forma, sua atuação à frente da Vice-Presidência de Ensino, Informação e Comunicação, têm se caracterizado por uma condução serena, consubstanciada em ações criteriosamente estruturadas e com foco institucional. Acredito que sua postura cordial e elegante seja fundamental no contexto atual de relações institucionais que enfrentamos. E esta postura é acima de tudo a tradução de sua capacidade amadurecida e firme de condução e de seu comprometimento com um projeto institucional. "

Valber da Silva Frutuoso, IOC-Fiocruz Vice-Diretor de Desenvolvimento Institucional e Gestão

" Meu voto é pra Nisia porque ela acredita na força motriz da Fiocruz como agente transmissor do conhecimento em ciência para a saúde. "

Aline Lopes, Analista de Gestão de Biomanguinhos

"Entrei em um dos últimos concursos da Fiocruz e, apesar do pouco tempo de casa, já tive a oportunidade de trabalhar diretamente com Nísia em alguns projetos. Voto em Nísia porque pude perceber que, para ela, democracia e participação são muito mais do que conceitos abstratos: são vivenciados no dia a dia. Em suas equipes de trabalho, Nísia faz questão de abrir espaço para o envolvimento efetivo de todos nos projetos, explorando as potencialidade de cada um. Ressalto também sua atuação no campo da comunicação, marcada pelo zelo à marca da instituição e aos espaços democráticos de discussão, instâncias de consolidação da comunicação pública na Fiocruz. "

Glauber Gonçalves, Jornalista na Casa de Oswaldo Cruz

"Venho acompanhando a trajetória da Nísia desde que entrei para o Museu da Vida, ela com sua garra, competência e firmeza nos seus atos, vem ajudando a Fiocruz a alcançar e vencer novos desafios, ela é a melhor escolha para presidente desta Instituição. #nisia2017 "

Deolinda Santos, Assessora Presidência

"Como tantos já disseram, reafirmo que Nísia é uma intelectual brasileira comprometida com a democracia, em todos os sentidos; dentro e fora da Fiocruz. Durante sua gestão na COC e na vice-presidência, a capacidade de atitudes guidas pela reflexão evidenciaram seu compromisso e responsabilidade com a Fiocruz como um todo, sem esquecer da especificidade de cada unidade e de cada setor. Nísia cria muito, entende, ouve e responde. Será ótimo para a Fiocruz que tenhamos Nísia e uma equipe capaz de lidar com os atuais retrocessos por que tem passado nosso país, e consequentemente, com os riscos que corre o nosso SUS. Só esse tipo de responsabilidade propositiva nos leva a algum lugar melhor. Um brinde! "

Maria Regina Cotrim Guimarães, Médica do INI

Páginas